O paradoxo natalino: festividade do consumo?

Qual o real sentido das celebrações natalinas para você?

Como repensar os seus hábitos de consumo para ter um natal mais sustentável?


As festas de fim de ano, principalmente a celebração do Natal, trazem uma vivência paradoxal. O Natal é um feriado religioso e, ao mesmo tempo, uma das ocasiões mais lucrativas para os comerciantes. Dessa forma é importante pensar sobre a relação entre o evento cristão e o aumento do consumismo.

Algumas pessoas defendem que o Natal passou por uma descaracterização, influenciada pela intensificação do consumo e a obrigação da troca de presentes. A concepção do Natal como uma festividade cristã - onde a celebração deveria se concentrar em torno da família e dos lugares de afeto - tornou-se um processo de comercialização e consumo exagerado.


Os comportamentos de consumo são influenciados por elementos culturais - mídia, costumes, crenças, imaginário social entre outros, uma vez que é por meio deles que reproduzimos culturas, ritos, comportamentos, relações sociais e a própria sociedade. Pesquisadores demonstram nos discursos das crianças como a ideia da celebração de Natal está associada ao sinônimo de consumo de bens, enfeites, brinquedos, troca de presentes entre outros.


Segundo o documentário Criança, a alma do negócio, as demandas de compras de uma casa chegam a ser 80% feitas pelas crianças. No documentário é possível aprender a perceber como a mídia, os comportamentos de grupo e os processos de identificação podem influenciar no comportamento dos pequenos.


Presentear amigos e familiares pode ser entendido como uma troca simbólica nas relações sociais, uma vez que os presentes estão conectados a uma expressão de afeto e generosidade. Sendo assim, aquilo que se torna objeto de consumo ultrapassa seus valores monetários e utilitários e carregam em si um valor simbólico. O ato de presentear os amigos e familiares pode ser um ato saudável e sustentável, se começarmos a pensar nas nossas relações de consumo e nos produtos que compramos. Neste link você pode encontrar ideias de Presentes Sustentáveis.

Algumas dicas para repensar nossos hábitos de compra nessa época e evitar o consumo excessivo não só em vésperas do Natal, mas em todo o ano:

  • Cuidado com o crédito fácil

  • Evite comprar por impulso

  • Reflita sobre a necessidade real de consumir algo

  • Dê preferência a produtos artesanais aos industriais

  • Observe a procedência do produto

  • Tenha consciência sobre os resíduos gerados na produção e descarte da sua compra

Quer saber mais?

Blog SDJR Lixo Zero - Consumo, logo existo!

Blog SJDR Lixo Zero - Presentes Sustentáveis

Um olhar sobre o consumo - A fábula do Papai Noel

Um olhar sobre o consumo - Capitalismo e Natal


Desejo a todos e todas um feliz e mais consciente Natal e um próspero e sustentável 2021!






26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo