Lixo e animais de rua: como o descarte consciente de resíduos pode salvar vidas

Aqui no Site do SJDR Lixo Zero e nas redes sociais do projeto sempre orientamos e enfatizamos a importância do descarte correto de resíduos para evitar consequências socioambientais ainda mais nocivas para o planeta.

Pensando nas ações individuais e locais, esse texto demonstra como alguns resíduos descartados no nosso cotidiano podem ser prejudiciais à saúde dos animais que circulam pelas ruas.


O problema do abandono de animais, falta de controle de natalidade, ausência de políticas públicas e falta de conscientização sobre os perigos urbanos para os animais são fatores que, associados ao rejeitos espalhados pela cidade, podem gerar acidentes fatais nos bichos que habitam os espaços públicos. Pensando no bem-estar desses animais, listamos alguns resíduos que devem ser descartados com consciência para evitar acidentes. Cada resíduo contém um link que você pode acessar para saber mais sobre os perigos do descarte irregular.


foto: Lidiane Vilanacci

Latas de alumínio

Cães e gatos de rua podem ser atraídos pelos restos de alimentos e pelo aroma destes nas latas de alumínio. Na tentativa de lamber as latinhas, esses animais podem sofrer com cortes, intoxicação alimentar e ainda ficarem com a cabeça presa nas latas. Por isso recomendamos a lavagem desses materiais e o encaminhamento direto para os lugares em que possam ser reciclados. Neste link você descobre onde descartar latas conscientemente em São João del-Rei.


Plásticos

Que os resíduos plásticos são os grandes vilões dos animais marinhos todos sabemos. Mas animais terrestres também sofrem com os resquícios de plásticos no ambiente em que eles habitam. O plástico pode conter produtos químicos que contaminam o solo e a água, além de causar diretamente acidentes na ingestão dos animais. A problemática acerca do descarte do plástico no meio ambiente é complexa e demanda uma conscientização maior da população sobre os resíduos plásticos. A dimensão do problema pode ser compreendida pelos números: cerca de 1,5 bilhões de animais morrem por ano somente nos mares e oceanos.


Alimentos

Os restos de comida são sempre um atrativo para cães e gatos de rua na busca de alimentos. Gambás, aves e outros animais que frequentam espaços mais arborizados podem também ser atraídos pelos alimentos. Algumas substâncias que compõem esses alimentos podem gerar intoxicações alimentares severas nos bichos de rua. Nesse link você descobre como proceder com os diferentes tipos de restos de alimentos.


Remédios, cosméticos e outros produtos químicos

Assim como nos seres humanos, a ingestão de substâncias químicas pode ter impactos na saúde dos animais, ocasionando até mesmo a morte. Por isso, esteja sempre atento ao descartar remédios e embalagens que possam ter resíduos de remédios. Aqui no site do SJDR Lixo Zero indicamos postos de recolhimentos desses resíduos.


Muitos materiais descartados de forma incorreta podem ser prejudiciais para a saúde da população de animais de rua. Aqui listamos alguns dos mais comuns, mas o descarte consciente de outros materiais como pilhas, baterias, papéis, resíduos sanitários dentre outros, podem salvar vidas. Não deixe de conferir na sua cidade se existem e onde estão localizados postos de coleta de materiais. Em São João del-Rei, listamos os lugares que recebem diferentes tipos de materiais.


Outro cuidado para evitar acidentes com os animais de rua é respeitar os horários e dias de coleta de lixo da sua rua.


Além de todas as informações e dicas neste post, gostaríamos de ressaltar a importância da adoção dos animais de rua. E se você não puder adotar um animalzinho, pode contribuir descartando o lixo corretamente, colocando potinhos com água e ração no passeio, carregando porções de ração para distribuir para cães de rua e colaborando com ongs e associações que cuidam de animais.


Para incentivar a adoção de animais de rua, segue algumas fotos que demonstram como a adoção pode salvar vidas. Quem sabe o próximo integrante da sua família pode estar revirando lixo perto da sua casa?


Esse é o Bob, cachorrinho resgatado pela Thaís Andressa, voluntária do projeto:

fotos: Thaís Andressa


Essa é a Ritinha, abandonada no lixo, foi encontrada vomitando e cheia de tumores:

fotos: Lidiane Vilanacci


46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo